Adolescente que matou estudante em JP vai cumprir 3 anos de internação no CEA

Maria Beatriz Souza
O adolescente de 15 anos acusado de matar a estudante Maria Beatriz Souza Santana dentro da Escola Municipal Violeta Formiga, em João Pessoa, vai ficar internado cumprindo medida socioeducativa. Ele foi sentenciado nesta quarta-feira (7) durante audiência de instrução e julgamento realizada na 2ª Vara da Infância e Juventude, no Bairro dos Estados. O assassinato aconteceu no dia 21 de novembro do ano passado. 

“Tem inúmeras medidas socioeducativas, mas no caso desse rapaz foi aplicada a medida extrema que nós temos, que é a internação”, afirmou a promotora da Defesa da Criança e do Adolescente da área infracional, Catarina Campos. “Ela [a punição] equivale à uma prisão em se tratando de maior de idade julgado na esfera criminal”, completou. 

Catarina disse que não podia dar maiores detalhes sobre a decisão, pois o caso tramita em segredo de Justiça. A promotora não disse, por exemplo, quanto tempo o adolescente vai ter que ficar internado. De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o período de internação não pode ultrapassar os três anos. 

Desde que foi apreendido o rapaz se encontra no Centro de Educação do Adolescente (CEA), na capital.

Relembre o caso

Morre estudante baleada dentro de escola de João Pessoa


Relacionadas

Destaques 8257475300552808094

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item