Torcedor é detido ao chamar treinador de 'macaco' na PB, mas paga fiança e é liberado

Polícia Civil
Um jovem de 28 anos, torcedor do Santa Cruz, foi detido na noite dessa quinta-feira (19) por chamar o treinador de goleiros do Lucena de macaco. A confusão ocorreu logo depois da partida entre os dois times, no Amigão, em Campina Grande. 

A Polícia Militar informou na Central de Polícia Civil que o jovem teria gritado “cala a boca, macaco”, duas vezes, ao se dirigir ao treinador de goleiros. Na queixa registrada na delegacia, a vítima teria apresentado três testemunhas que confirmaram o caso. 

A pena prevista é de reclusão de um a três anos e multa, conforme redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97. O suspeito pagou multa de meio salário mínimo, cerca de R$ 400, e foi liberado, mas vai responder em liberdade. 

Conforme a Polícia Civil, o caso será repassado para a 6ª Delegacia Distrital de Campina Grande, que vai dar continuidade aos procedimentos legais.

Relacionadas

Esportes 3350640272796781229

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item