Criadora tem dois animais envenenados em apenas um mês no Ernâni Sátiro

Gato foi envenenado; criadora pede justiça
A tutora Fernanda Raquel Monteiro usou as redes sociais para denunciar a morte por envenenamento de um dos seus bichos de estimação, na tarde desta quarta-feira, no bairro Ernani Sátiro em João Pessoa. Segundo Fernanda, esta é a segunda vez que ela tem um animal assassinado em menos de um mês. Os crimes têm acontecido numa rua projetada, entre a principal Professor José Holmes e a Clênio Batista dos Anjos. 

Em sua denúncia, a criadora conta que há dias precisou encoleirar o animal por medo que ele fosse morto, como aconteceu com sua outra gata, que estava prenha. 

"Tinha até colocado uma coleirinha nele, na esperança de inibir o monstro que o matou... Hoje cedo me deparo com meu bichano se debatendo de dor e espumando, fiz de tudo para salvá-lo, mas, infelizmente meu principezinho de quatro patas se foi", relata Fernanda. 

O artigo 32° da Lei Federal 9.605/98 dos Crimes Ambientais prevê detenção, de três meses a um ano, e multa para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal. 

Em João Pessoa, qualquer pessoa pode denunciar a prática de crimes contra animais à Seman pelo Disk Denúncia: 0800 281 9208 ou 3218-9208.

Relacionadas

Zona Sul 3089716436600864526

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item