Justiça anula eleições do Auto Esporte de Mangabeira

Sede do Auto Esporte Clube
O último processo de eleição do Conselho Deliberativo e da Diretoria Executiva do Auto Esporte foi anulado e o clube deve passar por uma intervenção administrativa. Essa foi a decisão tomada na segunda-feira (3) pela juíza Andréia Dantas Ximenes, da 4ª Vara Cível de Mangabeira. 

Com isso, Watteau Rodrigues não é mais presidente da agremiação, que deve ser comandada por Benedito Honório e Acácio Moreira. Acácio terá 48 horas para se apresentar à juíza e tomar posse como interventor do clube, caso contrário, outra pessoa será convocada para assumir. 

O primeiro pleito, realizado em dezembro de 2014, elegeu Acácio Moreira como presidente do Auto Esporte. Dias depois a eleição foi anulada também por uma liminar da juíza Andreia Ximenes que acolheu o pedido do ex-presidente Edvalson Travassos. 

Em 3 de janeiro um novo pleito foi realizado e Watteau Rodrigues foi aclamado presidente do clube. Insatisfeito, Edvalson Travassos declarou que tentaria anular a eleição, pois segundo o conselheiro, a realização daquela eleição contrariava a liminar expedida pela juíza da 4ª Vara Cível de Mangabeira. 

Segundo a nova decisão judicial, os interventores vão ter um prazo de 90 dias para organizar novas eleições. O prazo ainda poderá ser prorrogado por mais 30 dias.

Relacionadas

Esportes 5857492382591549024

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item