“Marcha das Mulheres” é adiada pelas chuvas; grupo Mães na Dor protesta

Grupo Mães na Dor compareceu mesmo com as chuvas
Estava programada para a tarde desta sexta-feira, 20, a realização da “Marcha das Mulheres -Todos Por Elas”, uma atividade PMJP, dentro da ação “João Pessoa – Espaço Mulher”. A caminhada foi transferida para a próxima quarta-feira, 25, com concentração a partir das 14h, nas proximidades do Ortotrauma de Mangabeira. 

No entanto, grupos como o Mães na Dor que foram convidados e se organizaram para participar da Marcha só foram comunicados tardiamente, e se mostraram insatisfeitos com a falta de organização. 


"Estamos esperando aqui há horas, e só agora, depois das 14h, fomos comunicados que não haveria mais a Marcha. Nós não nos importamos com as chuvas, queremos é ver a justiça sendo feita e lutar por nossos direitos", afirmou Hipernestre Carneiro, líder no grupo Mães na Dor. 

Violência contra a mulher – Em 2014, o Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra (CRMEB) atendeu, pela primeira vez, 239 mulheres vítimas de violência. Dados do Governo do Estado revelam que no mesmo ano, foram concluídos 1.778 inquéritos na Delegacia da Mulher de João Pessoa, e 2.504 medidas protetivas foram expedidas pelo Tribunal de Justiça da Paraíba.

Relacionadas

Destaques 7373245550575682126

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item