Páscoa tem itens caros, mas comércio espera aumento; veja como economizar


Com a série de reajustes e a alta do dólar, o consumidor que for às compras de Páscoa deve esperar produtos típicos com valores mais caros. O bacalhau neste ano deve estar bem mais salgado e o vinho também é alvo de altas; mesmo assim a Federação do Comércio na Paraíba (Fecomércio) espera um crescimento de 3% nas vendas na Paraíba em relação à Semana Santa de 2013. Uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas aponta alta de 25,03% nos preços de itens de Páscoa e um economista dá dicas de como acertar nas compras; veja abaixo. 

Como economizar 

De acordo com o economista Rafael Bernardino, mesmo com a alta, existem medidas práticas para driblar a situação. “A saída do consumidor é pesquisar o máximo que puder, pois mesmo com os reajustes, os preços variam; outra dica salutar é reunir a família para o almoço e dividir para que cada um leve um item; não tem como fazer um banquete sem a capacidade de compra”, disse ele. 

O especialista ainda informou que substituir o bacalhau por outros peixes mais baratos e dar preferência a vinhos brasileiros são saídas válidas para economizar.

Relacionadas

Destaques 3065152453543895448

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item