Prédios com perigo de desabamento oferecem risco no Centro de JP

Com início do período chuvoso, edificações representam perigo a quem passa ao lado de paredes e marquises mal conservadas.
Pelo menos 85 prédios possuem risco iminente de desmoronamento em João Pessoa e 229 em Campina Grande não possuem condições físicas de funcionamento regulares. Seja por infiltrações, rachaduras ou problemas estruturais devido à falta de manutenção, essas edificações apresentam risco para quem mora ou trabalha próximo ao local e também para quem transita nas suas redondezas.

Em João Pessoa, o problema é observado principalmente no Centro Histórico. Lá, há quem relembre as épocas em que os casarões antigos faziam parte da moradia e da rede comercial da cidade. O empresário Nilton Rodrigues, que possui uma metalúrgica na rua Cândido Pessoa há 29 anos, já se mudou quatro vezes devido aos riscos de desabamento dos prédios. 

De acordo com o coordenador da Defesa Civil da capital, Noé Estrela, todos os prédios que correm risco de desabamento em João Pessoa estão desocupados e sinalizados pela Defesa Civil. Ele explicou que o grande problema são os proprietários, que não querem realizar a manutenção das estruturas, que não podem ser alteradas por serem tombadas, e ficam esperando que elas desabem para poderem construir prédios mais modernos no local. 

Estrela orienta a população a auxiliar no trabalho de fiscalização. “Não se pode demolir, porque é uma estrutura tombada, então fazemos a nossa parte e chamamos a população a nos ajudar a fiscalizar. Basta entrar em conosco pelo 0800-2859020. Nós iremos até a localidade, faremos uma vistoria e sinalizaremos, com mais rapidez, uma posição a ser tomada”, assegurou.

Relacionadas

Destaques 5626857903616113726

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item