Professor é morto a tiros na frente de casa em Santa Rita

Sieegbert Isídio
O professor de educação física Sieegbert Isídio de Farias, de 31 anos, foi morto a tiros na noite de sexta-feira (29) no bairro de Tibiri II, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. Segundo informações repassadas por familiares à polícia, o professor retornava da padaria quando parou o carro na frente de casa e foi abordado por um homem armado e baleado. Um sargento do exército foi preso e encaminhado como suspeito de ter cometido o crime, segundo a Polícia Civil. 

Ainda de acordo com a família, o criminoso chegou atirando contra o professor, que tentou fugir, mas caiu em um terreno baldio próximo a sua casa. O Samu atendeu o professor no local do acidente e encaminhá-lo para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Santa Rita, mas a vítima não resistiu e morreu antes de chegar à unidade. 

O delegado que registrou o caso, Luiz Cotrim, da Delegacia de Homicídios, comentou que o professor não se encaixava no perfil comum de pessoas vítimas de assassinato. “Ele não tinha antecedentes criminais, nem era usuário de drogas”, completou. A esposa da vítima foi quem o encontrou deitado no terreno baldio. 

A primeira informação repassada para família era de que o professor teria reagido a um assalto. Posteriormente, a investigação apontou que um sargento do exército seria o mandante do crime. O suspeito foi preso e encaminhado para a Central de Polícia, no Varadouro, em João Pessoa.

Relacionadas

Destaques 4797316966050312070

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item