Manifestantes realizam ato público contra assassinato de policiais em João Pessoa


Um grupo de policiais militares realizou um ato público na tarde desta terça-feira (16) na Praça dos Três Poderes, em João Pessoa, para protestar contra as mortes de policiais que ocorreram recentemente na Paraíba. De acordo com a Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar da Paraíba (Asspom), desde 2011, quinze policiais militares, três policiais civis, cinco agentes penitenciários, dois bombeiros e um policial rodoviário federal morreram assassinados no estado.
Os manifestantes cravaram cruzes no gramado da praça, representando profissionais das polícias Militar, Civil e Rodoviária, além de agentes penitenciários e bombeiros assassinados nos últimos cinco anos na Paraíba. Durante o protesto, os policias utilizaram ainda um carro de som para chamar a atenção sobre os casos.
Eles pedem mais investimentos em segurança. De acordo com o comunicado divulgado pela Asspom, há a necessidade de mecanismos legais para que se impossibilite a morte de mais policiais no estado. Com isso, eles reclamam da ausência de veículos blindados para a frota policial da Paraíba, ausência do reconhecimento e do valor das boas práticas e a inexistência de uma política de reafirmação da importância da polícia.
Conforme comunicado da entidade, as mortes do cabo Ubirajara Moreira Dias, do 3º Batalhão da PM, em Patos, após ter sido surpreendido por criminosos em um posto de gasolina; e do sargento Josembergue da Silva, do 7º Batalhão, em Santa Rita, depois de trocar tiros com um criminoso, durante exercício da atividade, são casos recentes que merecem destaque pela crueldade.

Relacionadas

Destaques 199458769492395425

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item