“Não sou e nunca fui uma criminosa”, diz Pâmela após denúncia de agressão contra empregada


A ex-primeira dama e jornalista Pâmela Bório, desabafa nas redes sociais após se envolver em polêmica com Indaiá Pires Moreira, babá de seu filho com o governador Ricardo Coutinho (PSB). O caso foi parar na delegacia e ambas registraram boletins de ocorrência uma contra a outra com acusações de agressão física.
No instagram, a jornalista nega as acusações.
"Com boa fé, natural de quem tem boa índole, meu advogado acabou se conformando com a explicação da perita naquele momento, mesmo após muita insistência dele, de que o meu laudo demoraria algo em torno de uma semana, pois ela iria enviar o resultado do meu exame para a 12 delegacia e, por sua vez, para a delegacia da mulher, já que sofri crime tipificado e conhecido como “violência contra a mulher”, do qual sou vítima já a um considerável tempo, de modos diversos, alguns até escancarados. 
Ao final, eu que pensei apenas no bem-estar do meu filho e com sensatez diante de uma suposta enfermidade, me deparei com tamanha aberração. Imaginem como fiquei transtornada ao sofrer tamanha agressão após um ato de caridade. Talvez eu seja realmente “louca” como a suposta vítima insinuou pois, mesmo após passar por tudo isso, ainda sigo confiante na justiça e em pessoas com valores que diferem do poder e do dinheiro. 
Ninguém me compra, ninguém me vende, ninguém me cala – ainda mais agora, em que me vejo diante de uma mídia comprada pela SeCOM para me difamar, prejudicar, destruir. Algo que já vem acontecendo desde que me usaram como bode expiatório no caso daquela investigação de superfaturamento das contas da Granja", afirma Pâmela.

Relacionadas

Destaques 3355186397270503137

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item