Pâmela é conduzida para prestar depoimento na Central de Polícia de JP


A ex-primeira dama do estado, a jornalista Pâmela Bório, foi conduzida de forma coercitiva pela Polícia Civil, na tarde desta segunda-feira (08), para prestar depoimento na Central de Polícia, localizada no bairro do Varadouro, em João Pessoa (PB), sobre o caso envolvendo a babá do seu filho com o governador Ricardo Coutinho (PSB). 

A babá acusa Pâmela de suposta tentativa de homicídio. Já a jornalista registrou queixa contra a funcionária por agressão. 

Em contato, a advogada Giordana Meira de Brito (OAB n° 10975), que defende os interesses de Pâmela confirmou o episódio. 

Giordana disse que a semana passada aconselhou a cliente a comparecer à audiência e esclarecer o caso a autoridade policial, mas a jornalista disse que não iria. 

“Expliquei que ela não poderia se negar a prestar o depoimento, pois se configurava em crime de desobediência. Como ela se recusou a ir, o delegado tem poder para convocá-la de forma coercitiva, como aconteceu hoje”, frisou. 

Giordana acrescentou que Pâmela está sendo acompanhada pelo advogado Marcos Camelo. A ex-primeira dama foi ouvida na Central de Polícia pelo delegado Reinaldo Nóbrega de Almeida Júnior.

Relacionadas

Justiça 8426387542722611095

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item