Travesti morre após fazer aplicação de silicone industrial no bumbum em JP

Scheylla Mychelly teve infeccão generalizada
O técnico de enfermagem Josivando dos Santos Silva, 28 anos, conhecido como Scheylla Mychelly’, morreu nessa terça-feira (3), depois de aplicar no bumbum silicone de esteira elétrica para fins estéticos. A vítima era travesti e ela passou mal depois da aplicação de 1,5 litro do produto. O caso ocorreu em João Pessoa.
De acordo com a agente de saúde, Alzira Andrade, que prestou socorro a vítima, Scheylla comprou seis litros de silicone industrial na internet e o procedimento foi realizado por uma amiga, que também é travesti.
“Não sabemos quem foi a pessoa que aplicou o produto. Scheylla começou a passar mal logo após receber a primeira aplicação no bumbum de 1, 5 litro. O caso ocorreu no dia 25 de maio. Por cada aplicação, a vítima pagaria R$ 200. Assim que o lubrificante foi injetado, Scheylla teve reação e foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Oceania, no bairro de Manaíra”, disse agente.
Ainda de acordo com Andrade, sentido fortes dores no corpo, a travesti foi levada para o Complexo Hospitalar Ortrauma, o Trauminha de Mangabeira, de onde foi transferida para o Hospital Universitário (HU), da Capital. “Scheylla estava muito debilitada. Quando chegou no HU, na segunda-feira (1), ela foi direto para a UTI onde veio a falecer 24 horas depois, em decorrência de infecção generalizada”, disse.
O corpo da travesti está sendo velado na central de Velório Morada da Paz, em Jaguaribe. O sepultamento está marcado para ocorrer às 16h no Cemitério São José, no bairro de Cruz da Armas, em João Pessoa.

Relacionadas

Destaques 8627862310374911809

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item