Parque Arruda Câmara reabre Museu de História Natural a partir deste sábado


O Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica), no bairro de Roger, tem uma opção a mais para seus visitantes a partir deste sábado (15). É que o Museu de História Natural João Aparecido Galdino será reaberto e as pessoas poderão conhecer fósseis, esqueletos e cerca de 100 peças taxidermizadas. O prédio estava fechado para manutenção da sua estrutura, bem com para restauração de algumas peças. 

O acesso ao museu é gratuito para estudantes de escolas e universidades públicas. Para os demais visitantes, é cobrada uma taxa de R$ 0,50 por pessoa, sendo isentos idosos e crianças até sete anos. “Quem visitar o museu terá o privilégio de conhecer fósseis, pegadas, ovos, bem como apreender sobre as características de animais como aves de rapina, serpentes, lagartos, peixes e crustáceos, que na natureza são difíceis de ver e no museu você pode contemplar”, afirma Jair Azevedo, diretor do Parque. 

O espaço recria ainda o habitat natural de cada espécie, de maneira que permite o visitante conhecer os hábitos de aves, répteis, mamíferos e crustáceos. “O espaço retrata biomas como da Mata Atlântica, Serrado, Floresta Amazônica, Caatinga e ambientes aquáticos, que proporcionam entender quais as funções de determinadas espécies no meio ambiente”, ressalta Jair Azevedo. Nele, é possível conhecer também a lenda da Fonte do Tambiá e a origem do Parque.

Relacionadas

Destaques 409254768571944810

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item