Fiscalização interdita Drogaria do Extra e a Farmácia Fácil em João Pessoa


Duas farmácias de João Pessoa foram interditadas nesta sexta-feira (29) por problemas com documentação e armazenamento de remédios. A interdição ocorreu por meio de uma operação do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público (MP-Procon). 

Foram interditadas a Drogaria do Extra e a Farmácia Fácil Rick Center, situadas na Avenida Epitácio Pessoa. A fiscalização foi coordenada pela vice-diretora do MP-Procon a promotora de Justiça Priscylla Maroja. “Não apresentaram à gerencia de Vigilância Sanitária de João Pessoa, a licença sanitária e nem o documento de Autorização de Funcionamento da Empresa (AFE), documentos essenciais. Além disso a gerência sanitária ter verificado condições inadequadas de armazenamento de medicamentos”, disse Priscylla. 

Ela informou ainda que foi encontrado neste estabelecimento um medicamento com saída para venda no dia 8 de dezembro de 2015, após a data da expedição da resolução que proíbe a comercialização do produto (Livalo 2mg, do laboratório Eli Lilly), emitida no dia 1º de dezembro de 2015. Segundo ela, também foram encontrados três produtos de higiene pessoal vencidos, além não apresentarem ainda o Certificado de Segurança do Corpo de Bombeiros.

Relacionadas

Destaques 9109016261452868909

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item