Cássio declara que manifestações decretaram término do governo de Dilma Rousseff

Cássio Cunha Lima - senador pelo PSDB
Líderes da oposição participaram dos protestos em João Pessoa e em Campina Grande. O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o deputado federal Efraim Filho (DEM) chegaram cedo ao Busto de Tamandaré, na divisa entre as praias de Tambaú e Cabo Branco, local da concentração. Também passaram por lá os vereadores Bruno Farias (PPS) Bosquinho (DEM) e Raoni Mendes (DEM). O presidente estadual do PSDB, ex-deputado federal Ruy Carneiro participou dos protestos na Capital.
Cássio foi à concentração dos protestos em João Pessoa e seguiu logo para Campina Grande. Líder da oposição no Senado, Cássio afirmou que há uma transformação nas ruas do país, num ambiente de paz e calma, mas decretando o fim do governo Dilma. "A partir dessa semana a comissão processante do impeachment será instalada e o processo terá sequência na Câmara. Essa pressão nas ruas é irresistível e é insuperável decretou o fim do governo Dilma", afirmou.
Ele disse que, particularmente, acha que a melhor saída seria a cassação da chapa Dilma/Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decretando novas eleições. "Seja pelo impeachment ou seja por novas eleições, teremos mudanças nesse país por conta desse momento histórico", disse.

Relacionadas

Política 737432777647272384

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item