Pelo menos 80% dos professores da PB aderem à paralisação, diz sindicato


Pelo menos 80% dos professores da rede estadual de ensino da Paraíba aderiram à paralisação da classe, que começou nesta quinta-feira (2) e segue até a sexta-feira (3). De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (Sintep-PB), Antônio Arruda, não houve aula em nenhuma das 759 escolas da rede.

“Fizemos um levantamento parcial na manhã desta quinta-feira, com a ajuda das regionais, e constatamos que pelo menos 80% dos professores aderiram a paralisação. Os 20% que não aderiram estiveram nas escolas apenas para realização de trabalho interno”, explicou Antônio Arruda. 

Segundo a página do sindicato na internet, o objetivo da paralisação é chamar a atenção do governo e da sociedade para discutir a criação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) para a Educação. A categoria também se posiciona contra a Lei Estadual nº 242, que congela salários dos servidores públicos da Paraíba, e também contra o Projeto de Lei e Outras Proposições (PLP) nº 257/2016, que retira direito de todos os servidores públicos (municipais, estaduais e federais). 

O órgão informou que o secretário já sabe da paralisação e que ainda vai avaliar a situação para saber se o órgão vai se pronunciar ou não sobre o assunto. Se ele for se posicionar, uma nota deve ser emitida para a imprensa. 

Relacionadas

Destaques 2881496402938778657

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item