Campeonato Paraibano terá campos castigados pela seca


A bola vai rolar no Campeonato Paraibano, mas o velho episódio de ‘estádios liberados com restrições’ já começou bem antes da competição. Os palcos das partidas sempre são uma dor de cabeça, que inclusive vinha tirando o sono do presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, mas parece que pelo menos este problema conseguiu ser amenizado.
Os estádios Almeidão e CT Ivan Thomaz, em João Pessoa; Amigão e Presidente Vargas, em Campina Grande; Marizão, em Sousa, além do Perpetão, em Cajazeiras estão liberados para os jogos do Estadual. A garantia é da Comissão Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios, formada por órgãos como Ministério Público da Paraíba, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária.
A única praça que terá as suas condições reavaliadas é o Estádio Leonardo da Silveira (Graça), na Capital.
Com laudos que não atendem todas as exigências propostas pelo Estatuto do Torcedor, principalmente nos quesitos segurança e condições sanitárias, os estádios ainda sofrem com a péssima situação dos gramados, assolados pela falta de chuvas, quase se transformando nos famosos ‘poeirões’.
Na rodada de abertura do Campeonato Paraibano, prevista para o dia 8 de janeiro, todos os times devem jogar. O Treze pega o Atlético de Cajazeiras, no Presidente Vargas, enquanto que o Campinense enfrenta o Serrano, no Amigão, em Campina Grande.
Em João Pessoa, o Botafogo vai fazer estreia contra o Internacional e o Auto Esporte terá pela frente o CSP, no CT Ivan Thomaz. Em Cajazeiras, no Estádio Perpetão, o Paraíba faz seu primeiro jogo contra o Sousa. Todos acontecem às 16h.

Relacionadas

Esportes 4732545752863633980

Anúncio

Anúncio

Curta!

Vídeo lançamento do Portal da Zona Sul

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Siga!

item